quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Todas as construções desabariam.


E não só os prédios - todas as pessoas, árvores, carros e animais também sairiam voando pela tangente, desabariam sobre a superfície e se quebrariam em pedacinhos.

Isso aconteceria por causa de um fenômeno da física chamado inércia dos corpos: tudo que existe na Terra, inclusive o ar, gira junto com o planeta.

Por isso, se o globo parasse subitamente de rodar, esses corpos, por inércia, tenderiam a manter sua trajetória com a mesma velocidade.

É o que acontece em um acidente automobilístico, por exemplo. Se um carro bate em um poste, todos os ocupantes são projetados para a frente. Imagine o resultado de uma travagem da Terra, cuja velocidade de rotação é de 1 675 quilômetros por hora na altura da linha do Equador (nos pólos ela é mais lenta). Seria o fim do mundo mesmo

1 comentários:

Carolina disse...

Isso aí, vamos incentivar o estudo da Física! :D

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!