segunda-feira, 13 de abril de 2009

Em 1985, a primeira V-Max transformou o mundo da motocicleta.
Agora em 2009, na nova versão, os engenheiros da Yamaha juntaram uma grande dose da moto original, no estilo "Mad Max", em seguida, adicionaram um pouco de pimenta e muita tecnologia, como um chip para controle de injeção de combustível variável e os famosos aceleradores fly by wire. O resultado é impressionante.
O lendário ronco do motor, o motor como um todo, surpreendente e aceleração descomunal são combinações presentes no projeto 2009.

Além disso, nova Vmax oferece uma dirigibilidade mais esportiva, graças ao seu novo chassi de alumínio leve e suspensões totalmente ajustáveis.

Se voltarmos aos anos 80, lembraremos dos grandes motores V8 que equipava os muscle car da época e que nos Estados Unidos era o xodó de muita gente. Pensando nesse público, a Yamaha lançou em 1985 a primeira V-Max, quase uma dragster de rua. Seu grande diferencial era a grande capacidade do motor.
Isso foi há um quarto de século atrás, o tempo passa, o tempo voa.....
Com a seu enorme motor de 1198cc V4, 4 tempos, 4 válvulas DOHC motor com 140 cv, ela se transformou numa lenda instantânea e estabeleceu-se como uma cult-bike.
Com cerca de 100.000 unidades vendidas durante a sua produção nessas três décadas, o motor da Vmax fez história ao ser incluído no Museu Guggenheim de "Arte da Motocicleta" enquanto continua em produção. Por enquanto nenhuma outra moto chegou perto do feito da V-Max.
2008. O renascer de uma lenda
Durante os anos 90, a equipe de projetos da Yamaha Vmax começou a trabalhar no renascimento da lenda. A equipe entendeu quão especial essa moto é para seus proprietários -, bem como os fãs que sempre a admiraram mesmo sem andar com uma.
Potência com grife
- A nova V-Max 2009 tem um motor com quatro válvulas por cilindro, 1679cc V4 e pasmem 200 HP's!
- Injeção de combustível com YCC-I, YCC-T e tecnologia fly-by-wire throttle proporcionando uma incrível aceleração mesmo em marchas mais altas.
- Chassis de alumínio leve e distribui o peso do motor mais para frente, resultando em uma máquina destinada a lidar melhor com curvas, bem como as amplas e retas highways de lá, onde não se vê buracos na pista.
-Já vem com ABS e discos de freio italianos Brembo (olha a grife aí), suspensão completamente ajustável na dianteira e traseira.
Motor
Uma nova geração de V4: O pulsante motor DOHC de 1679cc com refrigeração líquida, transmissão com cinco velocidades soberbamente espaçadas para explorar plenamente o motor e essa alta performance do motor é refrigerado por dois radiadores
- Sistema de escape com quatro saídas tipo dois-em-um com EXUP (Exhaust Ultimate Power válvula)
Características adicionais:
- A Unidade de controle eletrônico de combustível (ECU) utiliza três microprocessadores para controlar a injeção, ignição, YCC-T, YCC-I, contadores e outros componentes elétricos.
- O painel inclui um relógio analógico, hodômetro e velocímetro digital com LED.

No Brasil as vendas da V-Max foram impulsionadas pelo aparecimento dela na novela da rede Globo "O Rei do Gado" onde o personagem de Fábio Assunção (o filho do rei do gado) desfilava com uma V-Max pra cá e pra lá. O Rei do Gado foi uma novela exibida de 17 de junho de 1996 a 15 de fevereiro de 1997.

Apresentou Antônio Fagundes, Raul Cortez e Patrícia Pillar como protagonistas e Glória Pires e Fábio Assunção como os co-protagonistas da trama.
Categories:

0 comentários:

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!