segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Como todo mundo já está calvo de saber, o Photoshop é um poderoso aplicativo de edição de imagem usado em computadores Macintosh e Windows. Apesar da concorrência ser forte entre os mais variados programas, o Photoshop é responsável por mais de 80% do mercado de edição de imagens e esse número ainda continua crescendo. Com a crescente venda de câmeras digitais, cresce também o interesse em programas de manipulação de fotografia.
Nesse exemplo abaixo, usamos uma foto escaneada de um negativo, cujo filme, ao longo dos anos, sofreu a ação dos produtos químicos inerentes a revelação, tornando a imagem avermelhada.


Para a correção da imagem foram usados vários comandos e ajustes:


O comando Níveis Automáticos que ajusta automaticamente o ponto preto e o ponto branco em uma imagem. Ele corta uma parte das sombras e dos realces em cada canal e faz o mapeamento dos pixels mais claros e mais escuros em cada canal de cor para o branco puro (nível 255) e o preto puro (nível 0). Como resultado, o uso de Níveis Automáticos aumenta o contraste em uma imagem. Como Níveis Automáticos ajusta individualmente cada canal de cores, ele pode remover ou gerar projeções de cores.


O comando Equilíbrio de Cores que altera a mistura geral de cores em uma imagem para uma correção de cores generalizada.


E o comando Brilho/Contraste permite fazer ajustes simples no intervalo de tons de uma imagem. Esse comando faz o mesmo ajuste em todos os pixels da imagem (ajuste linear).


Veja o resultado abaixo:



Sempre lembrando que cada foto tem sua "personalidade". Fotos tiradas com a mesma câmera e no mesmo ambiente com a mesma iluminação, têm resultados diferentes, então os comandos são aplicados de acordo com a necessidade específica de cada imagem.

Categories:

0 comentários:

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!