sábado, 13 de novembro de 2010

As pessoas no Brasil reclamam que o mundo pensa que aqui nas terras brasilis, só tem traficante, carnaval, futebol e prostitutas..... ah.... fora os macacos na rua, cobras e selva que os alemães juram de pé junto que é o Brasil todinho. Conheci pessoas da Alemanha que ficaram supresas com as cidades e o desenvolvimento do Brasil. Eles achavam que iam dormir em tendas e as casas tinham chão batido como assoalho. Outra hora eu conto essa história.

Voltando ao assunto, daí vem a pergunta que não quer calar:
Qual é a imagem que os próprios brasileiros mostram lá fora?

O filme Central do Brasil mostrou só pobreza e um país como um todo carente e miserável, o filme Tropa de Elite mostra a guerra do tráfico do Rio de Janeiro, a opressão do crime e os outros tantos filmes mostram o quê? Isso também.

Tá na hora de parar com essas coisas de miséria, fome, traficantes, políticos corruptos, ditadores e deixar de se mostrar como uma república de bananas e mostrar todo o potencial turístico, as belezas das praias, do turismo ecológico, do turismo de negócios e eventos, do povo trabalhador, criativo, da potencialidade, da estrutura e inovações do país.

Ah, sei, dirão alguns - então vamos tapar o sol com a peneira? Não, mas hoje a mídia e o cinema só explora a violência porque dá audiência e os anunciantes agradecem de bolsos cheios. É só ligar a televisão e ver mortes, assassinatos, roubos, assaltos, tiroteio e chacina. Isso dá audiência. Só acontece isso no país inteiro? Não tem mais nada pra noticiar?

Como os americanos sabem se promover! Veja esse vídeo abaixo e responda:
Não dá vontade de ir visitar?


Viu como funciona?
Nova York nos anos 70 era uma das cidades mais violentas do mundo. O ex-prefeito Rudolph Giulanni deu um jeito com um projeto chamado Tolerância Zero. Hoje é um exemplo de cidade segura. Não tá na hora do Brasil e das autoridades seguirem o modelo?
Categories:

0 comentários:

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!