quarta-feira, 28 de março de 2012

Todo mundo fala que as músicas não são mais as mesmas de alguns anos ou décadas atrás. Com certeza, não! Hoje vivemos uma época de imediatismos, de coisas descartáveis, de anônimos que viram hits da noite pro dia e depois viram pó. De músicas mais instantâneas que espaguete....De inversão de valores também, onde a pessoa que dirige direitinho é um mané e o irresponsável, que acelera e faz loucuras tem o respeito de um bando de gente sem personalidade própria e nem a capacidade de discernir entre o certo e o errado.

Daria pra escrever quase um livro sobre tudo isso, mas vou me deter à música. Porque não se faz mais músicas como nos anos 60, 70 ou 80? Porque naquela época o jovem era mais politizado, estudava profundamente a letra e a música, expressava suas ideias, críticas, era culto e isso refletia diretamente na música e dava base para letras mais inteligentes e elaboradas. Nos EUA muitas bandas de rock criticavam a posição das duas mais poderosas nações da na guerra fria, Um conflito que parecia, que de uma hora pra outra, estouraria a terceira (e última) guerra mundial.

A banda Survivor, além do sucesso "The Eye of the Tiger" que todo mundo conhece do filme Rocky - Um lutador, emplacou Burning Heart que é outra música para ver, escutar e entender...
Categories:

0 comentários:

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!