quarta-feira, 17 de outubro de 2012

No sábado, o jornal britânico "The Guardian" publicou matéria de um crítico de música chamado Joe Bishop a respeito da música de Michel Teló. No início ele se conteve em rotular o estilo dizendo que "os latinos não são confiáveis quando se trata de música POP". Escreveu ele que a sanfona não tem lugar na música POP por ser um instrumento muito antiquado. 

No final ele, com uma visão bastante preconceituosa disse que "Essa música ficou em primeiro lugar em vários países, menos aqui e nos Estados Unidos onde as pessoas são normais, pensam e não falam português".

Vou escrever o que eu penso e não tenho pretensão nenhuma de ser o certinho ou o dono da verdade:
- Ele até começou bem, mas pisou feio na bola demonstrando todo o seu preconceito contra os povos latinos e/ou que falam português....
- A música de Michel Teló é popular comercial e não se enquadra em POP. Já nos Estados Unidos e Inglaterra que ouvem Justin Bieber, Nicki Minaj e Lady Gaga...? Isso é música de qualidade?
- A mescla de instrumentos é uma tendência mundial, várias bandas de rock do mundo já gravaram com orquestras sinfônicas e usam violinos..
- Dizer que é antiquado usar uma sanfona... aham...vai ver que morar num país onde existem reis, rainhas e príncipes de sangue real sustentados pelos súditos seja algo super moderno...
Categories: ,

1 comentários:

Marisa disse...

Pop são as gaitas de fole escocesas, e os músicos de kilt, mostrando os pelos cabeludos vermelhos das canelas. Em todo o caso, a Escócia tem povo alegre e acolhedor. Diferente de outros súditos da rainha do Reino Unido...

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!