sábado, 15 de dezembro de 2012


Leio nos jornais da região, dados sobre o crescente número de emplacamentos nas cidades e a também a preocupação das autoridades de que ocorre um atropelamento a cada cinco dias pelas bandas do vale do Taquari.
Circulando pela cidade em horário comercial, dá pra criar um paralelo entre os fatos: o crescente número de veículos e os atropelamentos.
Vejo com frequência na mídia campanhas de educação para o condutor de veículos e raramente ao pedestre.
Nas esquinas da rua João Batista de Mello, com a Júlio de Castilhos no centro de Lajeado foi instalada uma sinaleira para melhorar o fluxo de trânsito, mas falta avisar aos pedestres que aquelas “luzinhas verde, amarela e vermelha” não fazem parte da decoração natalina. 


Eles simplesmente ignoram as normas de trânsito e atravessam a rua sem sequer olhar para os lados e nem dão importância ao sinal, pensando que eles sempre tem a preferência. Enquanto o pedestre não for também educado para o trânsito, esses números tendem a aumentar.

3 comentários:

Arthur Tavares disse...

Em países civilizados, as aulas de trânsito são efetuadas nos colégios, não em um "Centro de Formação de Condutores".

Simplesmente absurda a situação do trânsito, no Brasil. Aqui, ninguém realmente sabe andar nas ruas.

Xandão e Cintia de Jundiaí disse...

Concordo com o Arthur. Ninguem sabe andar nas ruas motorista e pedestres. Em São Paulo há uma lei municipal que obriga os motoristas a pararem o veículo quando um pedrestre vai atravessar na faixa de segurança. Já viu a confusão né? o pessoal nivela tudo por baixo e é pedestre atravessando na faixa em sinal verde e motorista parando no meio da rua para pedestre passar no lugar errado (principalmente se é moça nova). Nessa semana, vi uma senhora atravessar no lugar errado e foi passear de moto no guidão e abraçado com o motoqueiro. sorte dos dois que não foram pro chão!

Xandão

Solano disse...

O pedestre precisa também respeitar as normas de trânsito e saber "ler" as luzes do sinal, senão vira uma "zona". Já tive uma experiência desagradável no começo do ano quando uma senhora atravessou a avenida na faixa, mas com o sinal aberto para os carros e foi atropelada (postagem http://www.coizaradas.blogspot.com.br/2012/04/prudencia-no-transito-e-tudo.html). E pior é que acham que sempre tem razão...

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!