sábado, 31 de março de 2012

 Ontem vi numa página do Facebook uma menina de uns 17, 18 anos dizendo que o final de semana tava chegando, que era hora de festa e pasmem, oferecendo um cigarro de maconha numa foto.

Eu fico pensando como os administradores do Facebook permitem que se publique abertamente uma franca apologia ao uso de drogas. Maconha não faz tanto mal como o álcool ou o próprio cigarro, que são vendidos escancaradamente, dirão alguns. Só que a cannabis é a porta de entrada para drogas pesadas como a cocaína e o crack.

Hoje me parece que o jovem se sente compelido a usar alguma droga para ser aceito no grupo, para ser "o cara". Só que é uma grande armadilha para os fracos e sem personalidade, que acabam sucumbindo à vontades e cobranças de outrém, nem  se dando conta na "canoa furada" que estão embarcando.

Se alguém oferecer qualquer droga, demonstre que você tem personalidade e atitude. Você não precisa ser igual a todo mundo, Seja diferente, perca "amigos" se necessário, descubra verdadeiros AMIGOS, que fazem festa limpos e de maneira saudável.

Muitas pessoas que só quiseram "curtir uma", no final de semana acabaram muito mal, por não saberem dizer não, com firmeza e caráter.

Aqui, para comparação, pessoas que começaram com a maconha e acabaram com drogas pesadas e acabaram com a vida delas também, na esquerda a primeira prisão e na direita a última.
















Viu porque dizer não?

sexta-feira, 30 de março de 2012

Na época do rádio, era comum os pais colocar nomes prá lá de esquisitos nas pobres crianças, eles ouviam um nome e achavam bonito e pá! A pobre criança se chamava Irlanda ou Islândia....

Depois na época do cinema e da televisão, os nomes de atrizes ou atores de novelas ou pior, dos seriados enlatados.. daí sugiram os Diones, as Dienifer, as Keitlyn, a té já ouvi falar de um tal de Waltdisney e de um Uésley Esnaipes Nascimento. Depois os filhos se revoltam e os psicólogos dizem que é natural pra idade.... os hormônios, coisa e tal...

A música também já contribui para escolha de nomes "estrangeirados". Quantos Maicon, Maiquel ou similares você conhece?

Nesse ritmo a informática e as mídias sociais vão ditar as regras os nomes num futuro bem próximo. E eles serão mais ou menos assim:


Nomes das próximas gerações de bebês
Maria Anderline Tracinho do Nascimento
- Telaplana Dilédi Digital Aguiar
- Francisco TrendeTopis de Almeida
- Aifone Tresgê Habilitado de Medeiros
- Feicibuque Cutucado da Rocha
- Controucê Controuvê Mendes Junior
- Googlenice Pendrive de Oitogigas
- Fanpeige Wireless da Silva Pontocom
- Estivejóbsson Aiméc de Oliveira Sobrinho
- Uebecam Tequepics Pereira Fernandes
- Esmartefone de Cincochips Fidalgo
- Blurrei Pleier do Romititer Delfino
- Dáulodi do retuíte Jápranet Vasconcellos
- Orkutência Bécapi da Mídia
- Maria Tuíteira Rachetég Peixoto
- Uessebênio da Conexão Silva
- Navegando Arroba e-Meio
- Faireuol do Uaufai Ativado Soares
- Espaier Raqueado Tavares
- Pauerpointe do Uorde Santos
Comigo já aconteceu muitas vezes...

Estamos trabalhando até tarde da noite...
 Quando a gente se dá conta da hora: "Putzgrilow!!! Tá na hora de ir pra cama!!!"

ALT+F4 mais a letra D... para desligar... espera...

espera....

espera... e no final....

Tá bom.... espera....

Espera... Espera...ZZZZ.....ZZZZ......ZZZZ....

Tá demoraando demais!Vou deixar ligado a noite toda e amanhã tá pronto!


No outro dia você volta para aquela máquina que te tira do sério e...
E você olha para o computador, para a janela e pensamentos negros tomam conta da sua cabeça....
Dá vontade!!!

quinta-feira, 29 de março de 2012

O MP3 player veio destituir depois de décadas, o predomínio do CD...

que foi inventado em 1982 pela Sony e pela Philips....

que veio destituir depois de décadas, o velho e bom LP...sem falar nas fitas K7.

Daí eu pergunto: Queimei uma grana preta nos anos 80 comprando LP's (esses aí de baixo) e agora?



















Será que um dia, voltarão ao mercado com força total os toca-discos de vinil?
Ou eles virarão peça de museu?

quarta-feira, 28 de março de 2012

Saiu no site de uma rádio local uma notícia sobre projetos da Assembleia:
Assembleia pelas novas regras de ortografia perdeu o acento, mas "mal gestores" ficou péssimo. O correto seria "maus gestores"

Importante observar o uso de mal e mau.
"Ele estava MAL, foi levado ao hospital."  - MAL é o contrário de BEM
"É um sujeito muito MAU, só podia acabar encrencado"  - MAU é o contrário de BOM.
Agora eu to convencido que sou uma pessoa de sorte inigualável!! A algum tempo atrás ganhei uma BMW X6  zerinho e mais 750 mil euros, como vocês podem ver nessa postagem. LINK.

Hoje ganhei mais 1 milhão na empresa MTD, que nunca vi mais magra na minha vida...é só retornar o e-mail com meus dados preenchidos e enviar para esse Doug Ana Boyes.. que sujeito generoso!!

É claro que seria muito bom se fosse verdade... Se vocês receberem ou já receberam e estão na dúvida se apagam ou não, podem apagar sem dó nem piedade. É uma armadilha para captar dados na internet de empresas de e-commerce e quiçá, coisas bem piores...
Todo mundo fala que as músicas não são mais as mesmas de alguns anos ou décadas atrás. Com certeza, não! Hoje vivemos uma época de imediatismos, de coisas descartáveis, de anônimos que viram hits da noite pro dia e depois viram pó. De músicas mais instantâneas que espaguete....De inversão de valores também, onde a pessoa que dirige direitinho é um mané e o irresponsável, que acelera e faz loucuras tem o respeito de um bando de gente sem personalidade própria e nem a capacidade de discernir entre o certo e o errado.

Daria pra escrever quase um livro sobre tudo isso, mas vou me deter à música. Porque não se faz mais músicas como nos anos 60, 70 ou 80? Porque naquela época o jovem era mais politizado, estudava profundamente a letra e a música, expressava suas ideias, críticas, era culto e isso refletia diretamente na música e dava base para letras mais inteligentes e elaboradas. Nos EUA muitas bandas de rock criticavam a posição das duas mais poderosas nações da na guerra fria, Um conflito que parecia, que de uma hora pra outra, estouraria a terceira (e última) guerra mundial.

A banda Survivor, além do sucesso "The Eye of the Tiger" que todo mundo conhece do filme Rocky - Um lutador, emplacou Burning Heart que é outra música para ver, escutar e entender...

segunda-feira, 26 de março de 2012

Com base em estudos da biosfera, cientistas adiantaram o relógio do fim do mundo em dois minutos no ano passado. Isso significa que estamos mais próximos de nossa própria extinção. Um armagedom a nível mundial. Nenhum homem sobreviveria e o planeta estaria livre do maior devastador de recursos naturais que já existiu...














 Aos poucos a natureza se recuperaria, invadindo cidades e encobrindo aos poucos os vestígios do último animal dominante...















Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!