sábado, 25 de janeiro de 2014



Tem coisas que realmente eu não entendo, como por exemplo:
1.   Porque os velhinhos aposentados vão no mercado na hora do rush?
Meu, eles tem o dia todo livre e vão naquela hora que você precisa sair correndo do caixa... Um dia desses no mercado perto de casa, havia uma fila enorme de idosos na fila preferencial e outros caixas vazios, uma moça do caixa chamou: “O senhor pode passar aqui!” e o velhinho que era o décimo quinto da fila respondeu: “Obrigado moça, a gente vem aqui também pra se encontrar e conversar..!” Vai entender?

2.   Porque os caixas dos bancos vão almoçar ao meio dia?
Ora, todo mundo que trabalha vai ao banco ao meio dia. Daí tu chega lá, uma fila enorme e só dois caixas atendendo por que a maioria saiu pra almoçar... Lembra o caso do Manuel que abriu um restaurante e fechava ao meio dia pra ir pra casa almoçar.

3.   Dizem que tem um tal protetor solar que não sai com água!
Então tem que tomar banho com gasolina na volta da praia pra tirar aquela meleca grudenta?

4.   E porque a miserável máquina de pesar frutas no mercado, acaba a fita ou tranca na minha vez?

5.   Porque eu nunca vi um CD de funk original?
Você já viu? Existe? Se você já viu, fotografe e mande para cá...

6.   Outra coisa que eu nunca vi foi enterro de anão.  
Achei que ia ver agora que o Nelson Ned morreu, mas ele pediu (antes, é lógico) pra ser cremado, então, resta esperar pelo próximo...

7.   Porque existe papel higiênico aromatizado?
Alguém cheira aquele troço antes de usar ou é pra contrabalançar com a catinga do banheiro depois do dois? Se for, coitado do papel higiênico, ele não tem nenhuma chance.

8.   Porque a loja se diz “Loja de produtos populares a 2,99”?
Você já ganhou 1 centavo de troco?

0 comentários:

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!