sexta-feira, 2 de maio de 2014

segundo uma ong mexicana, o Brasil tem 16 das 50 cidades mais violentas do mundo. 

Tá na hora do governo federal tomar atitudes e medidas drásticas para a prevenção do crime, punição com rigor em atos criminosos, mas principalmente investir em educação e infraestrutura. Dar condições para que os adultos trabalhem e tenham sua própria renda, ao invés de depender de programas sociais do governo. Que aliás são programas de TRANSFERÊNCIA DE RENDA, que tira de quem produz e trabalha e DÁ para quem não produz nada. Muitos dirão que falta oportunidade, que são pessoas não qualificadas para trabalhar. Pura balela, papo furado! Quem quer trabalhar, vai a procura. Nem precisaria trazer os haitianos pra cá.

Voltando ao assunto....
Se pararmos para pensar, a maioria dos crimes são praticados por jovens de 16 a 25 anos, que a dez anos atrás eram crianças, mas que não tiveram estrutura familiar, não tiveram exemplos, escola, ou faltou rigidez na educação. 

Onde estão os pais desses menores que praticam crimes? Porque o Conselho Tutelar é tão rigoroso quando os pais dão uma palmadinha na criança e fecham os olhos para o menor infrator? Porque o ECA protege um "menor bandido" com 17 anos como se fosse uma criancinha desprotegida? 

Então volto à primeira frase da postagem: "Tá na hora do governo federal tomar atitudes e medidas drásticas para a prevenção do crime, punição com rigor em atos criminosos...

CIDADES MAIS VIOLENTAS NO BRASIL

RankingCidadeTaxa de homcídios
Maceió (AL)79,76
Fortaleza (CE)72,81
João Pessoa (PB)66,92
12ºNatal (RN)57,62
13ºSalvador (BA)57,61
14ºVitória (ES)57,51
15ºSão Luís (MA)57,39
23ºBelém (PA)48,23
25ºCampina Grande (PB)46,00
28ºGoiânia (GO)44,56
29ºCuiabá (MT)43,95
31ºManaus (AM)42,53
39ºRecife (PE)36,82
40ºMacapá (AP)36,59
44ºBelo Horizonte (MG)34,73
46ºAracaju (SE)33,36

1 comentários:

Anônimo disse...

Conheci sua página hoje. Bem bacana mesmo.

Uma pequena sugestão com essa postagem: qual ONG mexicana fez essa pesquisa? E talvez um link direto pra pesquisa seja interessante também. Pode dar uma cara mais formal num detalhe que acho importante sabermos.

É triste a violência que temos hoje, e brigar pra melhorar isso com argumentos claros é uma coisa que acho que dá mais resultado. Falar mal sem cobrar... vai mudar algo direito?! Não vai, e se formos olhar isso estamos até indo bem.

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!