terça-feira, 2 de setembro de 2014

De acordo com a Wikipedia, degradê (do francês dégradé) ou gradiente de cor é uma sequência de tons contínuos, podendo ser limitado ou ilimitado. Ou seja, é a área onde duas ou mais cores são sobrepostas, cada uma com suas intensidades, formando uma transição suave entre as cores, no sentido de apresentar aspecto em 3D. Entendeu?

A tonalidade degradê representa a variação de cores que vai das mais fortes às mais suaves. Sendo uma técnica da pintura sacra muito antiga, no sentido de fazer a expressão facial das figuras dos santos em Imagem 3D, muito utilizada na Idade Média. Nesse sentido as pinturas mais fortes e/ou escuras ficam na parte mais elevada da expressão facial mais próximas do observador e as mais claras e/ou fracas na base da expressão, e/ou mais profundas da figura, possibilitando também outros aspectos dessa figura, com a nuances da cor. Legal, né?!

0 comentários:

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!