sábado, 18 de abril de 2015

Algumas fotos de supostos fantasmas até são engraçadas pela arte da montagem e da ideia de assustar e fazer crer que espíritos malignos vagam por aí, procurando apavorar e atormentar a vida de todo mundo.... outras deixam um elefante atrás da orelha... Será que é real?!


Mas se eu fosse um caçador e se minha câmera registrasse imagens assim..acho que me mudaria de cidade...

Depois de ouvir barulho de gravetos quebrados no mato, o caçador sacou sua câmera e tentou espantar o animal com o flash... o que ele viu depois no filme foi isso...

Quando sombras e vultos vagam pela noite...


O cervo estava olhando fixamente para a menina



Vultos caminhando em volta do acampamento


Nas montanhas no inverno escurece muito cedo, às 19:23 já estava escuro...

Do que esse cervo fugia?

terça-feira, 14 de abril de 2015

Não é preciso ir à uma agência de modelos para encontrar pessoas bonitas. Caminhe pelas ruas da sua cidade e você verá que a beleza está na diversidade, nos trejeitos, na cultura e principalmente na naturalidade. A fotógrafa Mihaela Noroc fez isso, viajou e fotografou mulheres de muitos países e lugares, registrando a beleza sem retoques.

Rendeu uma bela coleção do fotos....

Bogota - Colômbia


Chang Mai - Tailândia

 Vale Colca - Peru


 El Paico - Chile

Etiopia

Mulher de Havana - Cuba

Mulher de Havana - Cuba

Essa é a Kristina de Moscow


Little India - Singapura

Templo Maori -  Nova Zelândia

Mulheres do mar Báltico

Mulheres de Maramures - Romênia

Mawlamyine - Myanmar

Mulheres de Medellin - Colombia

Mulheres de Nasir al-Mulk - Irã

Mulheres de Nova York - USA


Mulheres de Ommo Valley - Etiopia

Otavalo - Equador

Oxford - United Kingdom


Riga - Lituania

Rio de Janeiro - Brasil

Mulheres de San Francisco - USA

Mulheres de San Pedro de Atacama, Chile

Shiraz - Irã

A beleza das mulheres de Sydney, Australia

Taskent, Uzbequistão


Tbilisi  - Georgia


Tibet - China

Platô Tibetano - China

A beleza das mulheres de tribos amazônicas

Estufas para crescer estufas?  - Fotografia: Yann Arthus Bertrand



Até onde os olhos podem ver, estufas cobrem a paisagem em Almeria, Espanha. "Somos escravos de nós mesmos, no sentido de que dependemos para nossa sobrevivência diária em cima de um expandir-ou-morrer no império agro-industrial - uma máquina maligna - que os especialistas não conseguem compreender e os gestores não podem gerenciar. E além disso, estamos devorando os recursos mundiais a um ritmo exponencial. " Edward Abbey

Favela Hill-side - Foto: Google Earth / 2014 Digital Globe

Moradores da favela Hill Side, em Port-au-Prince, Haiti, enfrentam condições de vida sombrias no país mais pobre do hemisfério ocidental. 'Quarteirões de comércio, drogas e falta de segurança e saúde pública, para a poucos metros quadrados de terreno e nenhuma segurança contra o despejo. Eles são os colonos pioneiros das várzeas, encostas do vulcão, encostas instáveis, das montanhas de lixo, das lixeiras químicas, dos ramais ferroviários e dos restos do deserto ... esses lugares são nicho de pobreza na propaganda bonita da cidade, essas pessoas muito pobres têm pouca escolha, podem apenas conviver com o desastre. " Mike Davis

Ondas de gente - Fotografia: Pablo Lopez Luz


Se alastrando na Cidade do México, a favela ocupa toda a paisagem, se apropriando de cada pedaço habitável da cidade. "Se nossa espécie tivesse começado com apenas duas pessoas no momento das primeiras práticas agrícolas a cerca de 10.000 anos atrás e um aumento de um por cento ao ano, hoje a humanidade seria uma bola sólida de carne de muitos milhares de anos-luz de diâmetro, e em expansão, com uma velocidade radial que, negligenciando relatividade, seria muitas vezes mais rápido do que a velocidade da luz. " Gabor Zovanyi


Confinamento - Foto: Daniel Beltra / Greenpeace


Milhares de agricultores e pecuaristas integram a produção de culturas de gado, de pastagens e de forragens com gado e aves. "Eles deveriam procurar o equilíbrio entre produção e preservação dentro de suas operações para minimizar o impacto ambiental por meio de práticas de conservação e manejo da terra. No entanto, esses produtores pouco fazem pela preservação pois alegam que recebem  pouco ou nenhum financiamento público para suas práticas de gestão da terra . " Martha Noble


Derramamento de óleo e fogo - Foto: Daniel Beltra / Greenpeace

Vista aérea de fogo no óleo após o desastre de petróleo Deepwater Horizon em 2010 no Golfo do México. "Temos de perceber não só que cada área tem uma capacidade de recursos limitada, mas também que esta capacidade de suporte está encolhendo e o da demanda crescente. Até este entendimento torna-se uma parte intrínseca do nosso pensamento e exerce uma poderosa influência sobre a nossa formação de políticas nacionais e internacionais que são pouco propensos a ver em que direção o nosso destino se direciona. "William Vogt

Pássaro Morto - Foto: Chris Jordan

Atol de Midway - Longe dos centros do comércio mundial, um albatroz, morto depois de ingerir muito plástico, morre na praia - é uma visão comum na remota ilha. "Certamente o destino dos seres humanos é como a do animais - o mesmo destino espera os dois; como morre um, assim morre o outro. Todos têm o mesmo fôlego". Eclesiastes 3:19


Os poços de petróleo - Fotografia: Mark Gamba / Corbis
A exploração que empobrece e destrói a natureza nos ricos campos de petróleo são mais um sintoma de negligência e preocupação ecológica como visto no Campo de Rio Kern Oil na Califórnia "Eu não entendo por que quando destruímos algo criado pelo homem, chamamos isso de vandalismo, mas quando destruímos algo criado por natureza, chamamos de progresso. " Ed Begley, Jr.

As vacas e a fumaça - Foto: Daniel Beltra / Greenpeace
Esse é o marco zero na guerra contra a destruição da natureza - o gado pasta entre a selva queimando na Amazônia, no Brasil. "Ao longo da história da exploração humana da terra produziu esta progressão: colonizar-destruir-seguir em frente." Garrett Hardin

South City Mall, em Kolkata, na Índia - Foto: Brett Cole

A cultura do consumo se espalha pelo globo. "No mundo em desenvolvimento, o problema da população é visto menos como uma questão de números humanos do que de excesso de consumo ocidental. No entanto, dentro da comunidade de desenvolvimento, a única solução para os problemas do mundo em desenvolvimento é exportar o mesmo modelo econômico insustentável alimentando o consumo excessivo do Ocidente ". Kavita Ramdas  - Fotografia:Brett Cole

Campos retangulares - Foto: Google Earth / 2014 -  Digital Globe

Não há espaço para a natureza, a paisagem inteira é dedicada à produção agrícola na China globalizada. País que tenta abraçar todas as economias locais, regionais, nacionais e em um único sistema. Para isso, descarta as formas adaptadas localmente da agricultura, substituindo-os por um sistema industrial. Helena Norberg-Hodge


British Columbia - Fotografia: Garth Lentz

Às vezes chamado de o Brasil do Norte, o Canadá não tem sido gentil e cuidadoso com suas florestas nativas como visto na foto, local de exploração madeireira na ilha de Vancouver. "A dominação humana sobre a natureza é pura e simplesmente uma ilusão, um sonho de sobrepujar e dominar um sistema planetário. É uma ilusão que já nos custou muito pois nos enredamos em nossos próprios projetos, isso já nos deu algum orgulho sobre a nossa coragem e genialidade, mas ao mesmo tempo é uma ilusão. "Donald Worster

Clareira - Fotografia: Daniel Dancer

Uma clareira florestal industrial degradante em terras públicas,  Floresta Nacional Willamette no  Oregon - USA.  "A ironia é que estes seres vivos, em cuja sombra nos sentamos, cujos frutos  comemos, cujos membros subimos, cujas raízes preservam a água, a quem a maioria de nós raramente dá um segundo pensamento, são tão mal compreendidos. Precisamos chegar, o mais rapidamente possível, para uma profunda compreensão e apreço por árvores e florestas e do papel vital que eles desempenham, pois eles estão entre os nossos melhores aliados no futuro incerto que está se desenrolando. " Jim Robbins


Onda de Lixo - Fotografia: Zak Noyle

O surfista indonésio Dede Surinaya desliza em uma onda numa baía remota, longe dos grandes centros poluidores, mas coberta de lixo em Java, na Indonésia, a mais populosa ilha do mundo. Pensem que a água e no ar, os dois fluidos essenciais em que toda a vida depende, tornaram-se latas de lixo globais. " Jacques -Yves Cousteau
Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!