terça-feira, 29 de setembro de 2015

Na Dinamarca uma concessionária FIAT fechou em 1981 e desde então passaram mais de 30 anos, período no qual cerca de 200 carros ficaram no edifício. Abandonados e não havia ninguém que cuidasse deles. A história é, sem dúvida, curiosa e interessante, especialmente se você dar uma olhada nas fotos dos carros. A empresa de Sorensen ficava em Kolding, e faliu quando a subsidiária local da Fiat obrigou o empresário a optar por vender somente carros ou também veículos pesados


Então, Sorensen escolheu a segunda opção e como consequência, os portões da concessionária, que abrigava carros comprados ou recolhidos entre o 1973 e o 1981.

Com o passar do tempo, todos os pneus murcharam. Além dos pneus vazios, esta foto é poética em maneira especial, com os vários carros ordenados e estacionados com cuidado. Quase esperando por um pelotão de fuzilamento. Temos que destacar que, na concessionária abandonada, os carros não estavam em condições excelentes, como podemos deduzir a partir desta imagem: o desgaste agiu em maneira evidente, e também a poeira e a ferrugem tiveram sua parte de responsabilidade.


Há apenas alguns anos atrás, esses mesmos carros foram descobertos e graças a um herdeiro de Jens, que realizou um leilão e dezenas de carros foram vendidos. Os sortudos que conseguiram comprar um carro ou vários carros, portanto, tiveram a oportunidade de estacionar nas suas garagens carros de grande valor, com preços baixos ou quase nada...

Os 127 amarelos estão entre as muitas jóias que podem ser vistas, há dois Fiat 127 amarelos que causam imediatamente um nó na garganta pela saudade. De fato, é um dos modelos Fiat mais populares de todos os tempos


Pois os  veículos nas piores condições foram vendidos por apenas 250 Euros (1.100 reais). Somente um Lancia Beta foi comprado por um preço de 6.500 € (30.000 reais): em qualquer caso um preço bem baixo, especialmente quando se leva em conta o valor que o carro vai adquirir com o passar dos anos.

Mas há carros ainda mais velhos - ou talvez seria melhor dizer antigos - é o caso destes dois Fiat 600.



Agora os felizes carrinhos estão em garagens de colecionadores e bem cuidados por seus também felizes novos donos..



Então tem gente que detesta rock porque é "coisa do diabo", porque não é música brasileira, porque não entende, porque só tem gritaria e palavrões.. Sinto muito em dizer que essa gente não entende nadinha de rock. 

Aqui tem duas letras de música. Leia (se tiver paciência e tempo) e tente descobrir qual é uma letra de um rock pesado e outra de uma musica brasileira de sucesso.

Música 01

Uma jovem em um quarto escuro, chorando sozinha...
Forçada por seus captores a ficar tão longe de casa
Enquanto em outro país, um homem rico conta seus ganhos...
Ele não se importa com as vidas que ele arruína
Por que não podemos fazer um mundo onde não exista tráfico humano?
Onde não há fome e mentiras?
Onde não há crime e pobreza?

Se quisermos escutar os gritos e desatar os laços
Todos nós devemos ser livres
(...)

Musica 02

Vish...perfeito
Foi tapa na bunda, na cara, puxão de cabelo,
Na cama no chão e no banheiro, foi daquele jeito.....

Tava de blusinha amarela,
Jeito safadinho que é bem a cara dela
Eu cheguei xavecando, papo de gavião,
Pedi seu telefone mas não me deu atenção
E ainda pediu pra amiga dela
Me falar que tava namorando pra não incomodar
Mas quando eu vi a amiga dela,
Fiquei arrepiado, parti pra cima dela
Eu fui me aproximando, chamando sua atenção,
Daí que sua a amiga caiu na do meninão

A primeira é Wanna be Free do Accept. Está sendo usada como tema de uma campanha da ONU contra tráfico de pessoas e já ganhou vários prêmios...

A segunda é do Lucas Lucco e .. a letra já diz tudo o que é.
Tá a fim de ver uma coisa muito sinistra?

1. Abra o Google Maps
2. Procure por “Rua Prefeito Osmar Cunha”
3. Você deve parar em uma rua de Florianópolis
4. Agora coloque o bonequinho amarelo do Street View bem em cima da palavra “Osmar” no mapa.

Ma che paúra....

Se você não tiver paciência pra tudo isso, dá uma olhada aqui.


.....


.....






WTF?


Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!