terça-feira, 10 de maio de 2016

O ex-A-Ha Morten Harket mostrando como ainda se faz música com o coração, respaldando um sentimento de amizade entre duas pessoas.


Li em algum lugar, não lembro onde, que ele fez essa música para um amigo, ao qual perdeu o contato e acabaram se distanciando por questões políticas...



"Brother" by Morten Harket : This performance was the premiere of the song, on Spellemannprisen 2013, which took place on January 18, 2014, at Stavanger Konserthus. The studio-recorded version was released for download on the same day, as the 2nd single from Morten's same-titled forthcoming album. 

Morten was accompanied on stage by: Guitar - Peter Kvint / Keyboards - Christer Karlsson / Bass - Jerker Odelholm / Drums - Per Lindvall



Brother
You are still my brother
Till the end of time
You and I we lost our way
Differences of mind
Till the end of time

Listen to me Brother
I can't take your place
No one else can wear your face
That's the work of grace
Till the end of time

And here is my problem

Hey, I think you got me wrong
I am sorry for the riches that I found
I didn't mean no harm

So tell me where you're bound
You're welcome in my town
But if you try to force my compass 'round
I'm gonna stand you down

You are still my brother
Till the end of time
No one else can take your place
Difference is divine
Till the end of time

And here is my problem

Hey, I think you got me wrong
I am sorry for the riches I took home
I know I crossed a line

But show me what you've found
You're welcome in my town
But if you try to force my compass 'round
I'm gonna stand you down

Till the end of time

Irmão
Você ainda será meu irmão
Até o fim dos tempos
Você e eu nos perdemos no caminho
São as diferenças de opinião
Até o fim dos tempos

Ouça-me, irmão
Eu não posso tomar o seu lugar
Ninguém mais pode usar a sua face
Essa é a obra da graça
Até o fim dos tempos

E aqui está o meu problema

Ei, eu acho que você me entendeu errado
Lamento as riquezas que eu encontrei
Eu não quis causar nenhum dano

Então me diga, onde está o seu limite
Você é bem-vindo na minha cidade
Mas se você tentar forçar a direção
Eu vou ficar chateado

Você ainda é meu irmão
Até o fim dos tempos
Ninguém mais pode tomar o seu lugar
A diferença é divina
Até o fim dos tempos

E aqui está o meu problema

Ei, eu acho que você me entendeu errado
Lamento pelas riquezas que tirei de casa
Eu sei que eu ultrapassei os limites

Mas me mostre o que você encontrou
Você é bem-vindo na minha cidade
Mas se você tentar forçar a minha direção
Eu vou ficar pra chateado

Até o fim dos tempos
Categories: ,

0 comentários:

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!