sexta-feira, 3 de junho de 2016

Veja o que encontraram numa caverna fechada há 5,5 milhões de anos


Os habitantes da Caverna Movile são fora do comum por suas condições "de outro mundo": o local ficou fechado por 5,5 milhões de anos.

O ar nesta caverna na Romênia é venenoso e insuportavelmente úmido, propiciando um coquetel de fatores que criou uma mina de ouro para os biólogos. Ali há metade da quantidade de oxigênio que o normal, excesso de dióxido de carbono e sulfureto de hidrogênio. O local também é extremamente escuro.


Menos de 100 pessoas já tiveram o privilégio de mergulhar na caverna, de acordo com a BBC. O local só foi encontrado por seres humanos em 1986, quando os trabalhadores procuravam um local para construir uma usina de energia nuclear.

Hoje em dia, a caverna é fechada por autoridades e só pode ser acessada com permissão especial, embora suas entradas centrais estejam naturalmente protegidas por uma série de eixos verticais e túneis estreitos de calcário.

Dentro do ambiente hostil da caverna, os cientistas identificaram até agora 48 espécies animais. Entre as criaturas estão aranhas, escorpiões aquáticos, pseudoescorpiões, centopeias, sanguessugas, e isópodes - 33 dos quais são originários da caverna. A maioria das criaturas não possui visão ou qualquer pigmento. Mas, sinceramente, quem precisa dessas coisas por ali? Este seres, num geral, são munidos de longos membros e antenas para ajudá-los a navegar na escuridão.

0 comentários:

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!