quinta-feira, 27 de outubro de 2016

 Crianças são imprevisíveis, não se sabe o que estão prestes a aprontar. As vezes em um desenho, uma fala, uma atitude muito impensada impressiona os pais, eles surpreendem e deixam pais atônitos. Muitas vezes assustados, como foi o caso dessas crianças que fizeram esses desenhos.

Certa vez ao chegar em uma escola, vi na secretaria um pai muito nervoso. Seu filho de 7 anos havia desenhado duas crianças com as camisetas da escola cheias de sangue e um deles, no desenho com uma arma na mão e havia baleado o outro na cabeça. E ele queria explicações. Quando vi que a secretária estava gaguejando e mais nervosa que o próprio pai, metido, eu intervi na conversa e disse pro pai que era uma fase passageira e que nessa idade eles eram muito influenciados por filmes e seriado de tv com armas e violência.

Por isso a importância de dosar ás crianças essa violência gratuita de filmes e novelas. Também falei que quanto mais se tocasse no assunto, maior evidência estaríamos trazendo para o fato e que era pra dar um tempo, Naturalmente e criança volta-se mais tarde á carros, computadores, futebol ou algo que lhe atraia a atenção. Caso essas manifestações de ódio se tornassem rotina, então seria melhor procurar a assistente social ou até um psicólogo... mas felizmente, ele ( o menino hoje adora jogar bola e a fase mais difícil passou...)

Voltando á postagem, veja esses desenhos e tire suas conclusões, no final escreva um comentário, eu leio e respondo todos.


 Relato de uma mãe: "Meu filho de 11 anos desenhou pra mim num cartão"
 "A vida é como um tobogã onde você morre no final. E você está aqui..."


Uma grande perspectiva de futuro:
Pergunta: " O que você estará fazendo quando tiver 100 anos?"
Resposta: " Quebrando a minha tumba para sair"


A babá Valerie deu uma dura num menino que cuida e depois encontrou esse bilhete ao limpar o quarto do anjinho: "Valerie, desapareça da minha vida!"

E aquele amigo oculto?: "Meu melhor amigo e eu"


Outra pessoa já adulta encontrou um desenho que fez aos 8 anos:
"Ele/Ela vive dentro de você/
Entregue-se a ele/ela com prazer.
Ele/Ela é satanás, mas isso está errado!"



Vejam essa que terrível:

"Hoje eu tive momentos de diversão com minha mãe meu pai e também com o gato. Até o demônio nos deixou em paz nessas horas..."

"Eu e meu pai dançando no túmulo da mamãe" Putzgrilla!!


Outra pessoa deu um relato desse desenho que a irmã fez quando ambos eram crianças:
"Minha irmã me oferecendo em sacrifício a um deus alienígena"


Quando minha irmã menor brigou com meu pai, ela desenhou isso. Disse um estudante de 22 anos.
"Isso é o que vai acontecer com você!"

2 comentários:

Lourdes Lz disse...

Impressionante o que se passa na cabeça das pessoas.

Solano disse...

Pois é Lourdes, as vezes fica meio assustador mesmo. já vi relatos de crianças pequenas que descreviam com detalhes o avô que havia morrido há muito tempo atrás e elas nem tinham tido contato. Mas vamos considerar que são apenas fases criativas dos pequenos. Abraços e obrigado pela sua constante participação e comentários no Blog Coizaradas.

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!