sábado, 27 de maio de 2017

Nesse post, as primeiras 20 fotos históricas que vão fazer você (assim como eu ) suspirar..

Brigitte Bardot em Cannes no ano de 1950

O retrato de um criminoso em 1925

Um casal durante um encontro em 1960

Uma soldadora na Segunda Guerra Mundial

Vikki Dougan andando na rua e provocando olhares de espanto em 1950.


Fred Mercury no palco em Wembley no ano de 1986.

Princesa Diana em 1980.

David Bowie em Kyoto


O jovem Michael Jordan com 18 anos em 1982


Clint Eastwood checando seu revolver em 1962.

Keanu Reaves e River Phoenix


Os Beatles quebrando as regras em 1965


Rita Hayworth

Harisson Ford em 1984

O metro de Nova York nos anos 70
 Mãe e filha no Central Park em Nova York nos anos 70.


Pablo Escobar e seu sobrinho


Albert Einstein e Charles Chaplin em 1918

A juventude em Los Angeles nos anos 70

Leonard Nimoy e a banda The Bangles


Gostou? Semana que vem tem mais 25 fotos históricas. Abraços!!
Muitas pessoas me perguntam como posso ouvir Pink Floyd, Rammstein, Iron Maiden e David Bowie? Que não tem nada a ver uma coisa com outra..

Eu respondo que gosto ainda de música Country ( das antigas) e Andre Rieu e também música classica mais popular como Vivaldi e Carl Orff... Vai entender..

Então aqui dois grandes sucessos do camaleão do rock:


China Girl...
 

e Absolute beginners
As chuvas incessantes que caem desde sexta-feira preocupam autoridades da região do Vale do Taquari. As informações são do site do Grupo Independente e da Defesa Civil de Estrela/RS.

Defesa Civil em alerta para possibilidade de cheia na região

Acompanhe o comportamento das águas.

As equipes das defesas civis dos municípios da região estão de prontidão para uma possibilidade de cheia no Vale do Taquari. A chuva que cai desde a madrugada de sexta-feira (26) e ultrapassa os 100mm na maioria dos municípios da região, preocupa as autoridades, que monitoram o comportamento das águas dos rios Forqueta e, principalmente, Taquari.

Na medição das 15h da netsenses o nível do rio Taquari, em Estrela era de 18,17m (5,17 m acima do nível normal, que é 13 m). A elevação em relação às 14h foi de 22 cm. Já a leitura das 15h do nível do Rio Taquari em Encantado, de onde vem a maior parte da água para Estrela, era de 36,67 m, com elevação de 17 cm em relação a hora anterior.
As primeiras famílias da região que historicamente precisam deixar suas casas são de Lajeado. Suas remoções são necessárias a partir do momento que o nível do rio Taquari, em Estrela, chega aos 19 metros. RS

Nível do Taquari no Porto de Estrela

DataHoraNívelDiferença
27/05/201711:0017,27 m+ 0,18 m
27/05/201712:0017,50 m+ 0,23 m
27/05/201713:0017,72 m+  0,22 m
27/05/201714:0017,95 m+ 0,23 m
27/05/201715:0018,17 m+ 0,22 m
27/05/201716:0018,39 m+ 0,22 m


Nível do Taquari em Encantado

DataHoraNívelDiferença
27/05/201711:0035,97 m+ 0,26 m
27/05/201712:0036,15 m+ 0,21 m
27/05/201713:0036,34 m+ 0,19 m
27/05/201714:0036,50 m+ 0,14 m
27/05/201715:0036,67 m+ 0,17 m
27/05/201716:0036,81 m+ 0,14 m
Andy postou uma foto com sua namorada no Twitter e causou um certo furor na rede. Embora os dois estivessem olhando para a câmera, no espelho aparece a namorada olhando no mesmo sentido que eles e não de costas...

Não sei pra você mas para mim parece ser outro casal, não parece ser a mesma menina. E você? Qual sua impressão? Deixe seu comentário...

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Sultan Kosen tem 30 anos e 2,52 m de altura. Ele recentemente conheceu e casou com a mulher de seus sonhos que é um metro mais baixa que ele. Aqui na postagem algumas fotos do casamento;












Mesmo em pequena escala, um conflito pode deixar histórias e cenas complicadas para trás. Uma guerra global dispersa ruínas, artefatos e mistérios sobre inúmeras paisagens. Arqueólogos e historiadores têm estudado ambas as guerras mundiais em grande escala e não há escassez de novas descobertas destes tempos terríveis. 

Esta postagem mostra alguns desses segredos recentemente descobertos, bem como pesquisas surpreendentes que levanta a possibilidade de uma guerra mundial até então desconhecida.

Happy hour britânico

Um acampamento britânico esteve perto da cidade de Ramle, em Israel e sob o comando do general Edmund Allenby , a unidade ocupou o quartel durante o tempo em que o combate contra os turcos na Palestina transcorria até que foi suspenso. Chegaram em 1917 durante a Primeira Guerra Mundial, e os britânicos ficaram lá por nove meses.



Em 2017 escavações revelaram uma parte não escrita do que havia acontecido ali. Dentro do lixo do acampamento, os arqueólogos encontraram os utensílios de cozinha quebrados e depois viram as garrafas. Cerca de 70% dos itens jogados pelos ocupantes do quartel consistiam em garrafas de bebidas alcoólicas. Centenas de garrafas de uísque e gim - incluindo algumas Gordon's Gin e Dewar's Whisky - apareceram.

Parece que os homens usaram os longos meses de acampamento para se embriagar e momentaneamente esquecer as agruras do conflito.. O grande número de recipientes vazios encontrados no lugar sugere que ficar embriagado não era contra as regras do acampamento. Este foi um achado único para os arqueólogos israelenses, e permitiu o primeiro olhar como esses soldados em particular passaram seu tempo de livre.

Milhares de coleiras e placas de cachorros


Em 2014, um historiador amador visitou um campo nos arredores de Londres para caçar relíquias . Dan Mackay dedica grande parte de seu tempo à história da guerra, o que tornou sua descoberta ainda mais especial. Mesmo ao lado de uma arma anti-artilharia da Segunda Guerra Mundial, ele desenterrou mais de 14 mil tags ou placas de coleiras de cachorro.




Emitido pelo exército britânico, estes podem ter sido entre os primeiros a ser forjado a partir de aço inoxidável. Placas de identificação para os soldados foram inventadas antes de ambos os conflitos mundiais, e fibra de amianto vulcanizada foi usado para torná-los até 1960.

As etiquetas de Mackay são gravadas individualmente com os nomes dos soldados britânicos, mas estes homens nunca receberam as etiquetas. Muito provavelmente, os planos para o novo sistema de identificação foram abandonados pouco depois de comissionar as marcas de aço. Em seu estado original, as placas foram então enterradas no campo.

Elas foram feitas para os indivíduos pertencentes a quase todos os regimento britânico de antes da Segunda Guerra Mundial. Isso fez com que fosse extremamente difícil localizar as famílias dos soldados, mas a diligente pesquisa de Mackay sobre a história dos militares está devolvendo lentamente algumas das placas para suas legítimas casa.

O Aprendiz Desaparecido

Durante a Segunda Guerra Mundial, um adolescente chamado Frank Le Villio teve problemas com os nazistas . Em 1944, os alemães ocuparam Jersey e confiscaram todos os veículos. Le Villio, um aprendiz de mecânico, notou uma moto pertencente a um soldado alemão e tomou-a para um passeio. 
O jovem de 19 anos foi preso e passou por vários campos de concentração.




Os historiadores queriam saber se ele tinha ficado no notório Bergen-Belsen e se ele sobreviveu. Se assim fosse, ele seria um dos dois únicos cidadãos britânicos a sair de lá vivo. Cerca de 50.000 pessoas morreram lá, incluindo Anne Frank .

Uma vez que foi descoberto que Le Villio tinha viajado a Nottingham após a guerra, os investigadores anunciarams em um jornal local que pedia toda a informação sobre ele. Um padre respondeu e confirmou que o jovem tinha sido enterrado na sepultura de um cemitério de indigentes em Wilford depois que a tuberculose o matou aos 21 anos.

O único sobrevivente britânico comprovado de Bergen-Belsen lembrou-se de conhecer Le Villio, mas em outro local. Outras pesquisas também forneceram registros para a estadia de Le Villio em Neuengamme e Sandbostel ("Belsen em miniatura"), mas nenhum para Bergen-Belsen.

Uma Estação Meteorológica Secreta

Perto do Pólo Norte, os restos de uma base alemã chamada Schatzgraber ("Caçador de Tesouros") ficam na ilha de Alexandra Land. Os meteorologistas lá estabelecidos mantiveram os militares informados sobre as condições climáticas do norte da Europa e os oceanos ao norte.

Embora a base da Segunda Guerra Mundial fosse supostamente secreta, sua existência foi observada em vários documentos. Schatzgraber foi abandonada em 1944, mas a ilha omada de gelo tornou impossível estudar todo o complexo.

Quando o inverno quente de 2016 descongelou Schatzgraber completamente, pesquisadores russos confirmaram o que os documentos descreviam. Pela primeira vez, cada edifício (e seu conteúdo) foi catalogado. Eles revelaram uma tripulação malfadada.

Morrendo de fome no inverno de 1944, os homens contraíram uma infestação aguda de vermes após comerem um urso polar . O avião de evacuação quebrou uma roda no desembarque e teve que esperar por um sobressalente que jogaram na base em pleno voo.

Quando os homens doentes foram finalmente carregados, seu líder teve que ser internado porque ele ficou louco. Uma busca intensiva revelou o aeródromo de emergência e mais de 600 artefatos, incluindo alimentos enlatados, uniformes, manuais, munições e armas.

As Zonas Florestais

A Segunda Guerra Mundial está entre os conflitos mais bem pesquisados, mas um tipo de campo de batalha permaneceu, em grande parte ignorado. As zonas de conflito nas florestas da Europa chamaram a atenção do geoarqueólogo David Passmore quando não conseguiu encontrar nenhuma referência a elas.



Nos últimos anos, Passmore levou uma equipe e percorreu terrenos arborizados na França, Alemanha, Bélgica, Luxemburgo e Holanda. Eles se concentraram em áreas onde as batalhas foram travadas de 1944 a 1945. Os locais foram identificados depois de recolher informações de estudos acadêmicos, guias e da Internet.

A equipe encontrou trincheiras, crateras de bombas e até mesmo as ruínas dos depósitos de abastecimento. De particular interesse foram os depósitos de logística alemães. Incrivelmente, eles revelaram as localizações precisas da rede de apoio do exército alemão e como ela foi implementada antes da Normandia ter sido conquistada pelos Aliados.

Além disso, o exame dos depósitos esclareceu como essa rede evoluiu durante a invasão da Normandia e como ela caiu para o outro lado. O estudo de Passmore sobre os depósitos reuniu um conhecimento detalhado sobre onde e como os soldados lutavam nas florestas européias.


Túneis de Treinamento
Em 2017, o exército britânico decidiu adicionar edifícios em Larkhill em Salisbury Plain . Uma vez que o local tem importância histórica, os arqueólogos foram autorizados a varrer a área pela primeira vez. Inesperadamente, eles encontraram túneis subterrâneos usados ​​para treinamento durante a Primeira Guerra Mundial.



A rede centenária ultrapassou milhas e continha granadas de mão (algumas não utilizadas ainda), latas de comida e grafites. As passagens eram uma surpresa, mas não a sua natureza. A área ainda serve como uma base de treinamento militar e, durante a Primeira Guerra Mundial, foi usada para treinar soldados para a Frente Ocidental.

Significativamente, durante esse tempo, mineiros e engenheiros de combate receberam instruções sobre o túnel sob trincheiras inimigo e plantas de explosivos. Esculpido nas paredes giz foram mais de 100 graffiti marcas individuais.

Os mais perspicazes foram os nomes dos soldados que treinaram lá antes de embarcar para as trincheiras. Um era australiano, o soldado Lawrence Weathers. Foi concedido depois à ele, a cruz de Victoria depois que assaltou um posto alemão com uma metralhadora e fez 180 prisioneiros em 1918.

A escavação arqueológica em Larkhill está em curso e continua a ser a maior investigação sobre qualquer sistema de túnel de treinamento da Primeira Guerra Mundial .

O Negócio Secreto

Um historiador alemão explodiu uma bomba, quando revelou que a Associated Press (AP) tinha ligações com o Terceiro Reich. A investigação posterior revelou um acordo para trocar fotografias de guerra durante a Segunda Guerra Mundial. Milhares de fotos apareceram na imprensa norte-americana com fontes enganosas como "fornecidas por uma agência alemã" e fornecidas pelo AP.


No início, a agência negou qualquer coalisão. Mas a história da AP de guerra logo se desenrolou. Em 1941, foram expulsos da Alemanha juntamente com todos os outros grupos de notícias estrangeiros. Uma vez que ambos os lados permaneceram ansiosos por imagens de guerra, um negócio foi proposto

A AP recebeu fotografias censuradas cheias de propaganda alemã inteligente . As fotos recebidas pelos nazistas também foram alteradas por eles para lançar os EUA em desvantagem em jornais alemães.

Um Piloto Ainda Em Seu Plano
Inspirado pelos trabalhos de casa de seu filho sobre a Segunda Guerra Mundial, Klaus Kristiansen investigou um campo em sua fazenda na Dinamarca. O avô de Klaus havia afirmado que um avião de guerra caiu lá em 1944. No entanto, não houve nada que comprovasse durante os 40 anos que Klaus tinha cultivado a terra.



Então, em 2017, Klaus e seu filho de 14 anos, Daniel, ouviram animadamente quando seu detector de metal começou a zumbir. Em 4-6 metros (13-20 pés) na terra, eles encontraram o avião, um Messerschmitt alemão da Segunda Guerra Mundial. A aeronave foi rasgada em milhares de peças. Entre os fragmentos estavam o motor, munição e ossos humanos. Pedaços da roupa do aviador surgiram, e sua carteira ainda continha dinheiro.

Os investigadores identificaram o piloto depois de examinar itens adicionais. As iniciais do homem estavam gravadas em seu relógio, e combinavam o nome encontrado em um documento de serviço e um livro de calendário retirado dos destroços.

O piloto era Hans Wunderlich, 19 anos de idade. Seus registros militares mostraram que ele era nascido na Baviera, solteiro e sem filhos. O avião deve permanecer na Dinamarca, mas Wunderlich será enterrado novamente na Alemanha.

O túnel da Brigada do Fogo

Perto do final da Segunda Guerra Mundial, os nazistas sabiam que tinham perdido. Na floresta Ponar da Lituânia, eles queriam apagar um acampamento onde cerca de 100 mil pessoas haviam morrido. Oitenta prisioneiros judeus foram trazidos de outros locais para exumar e queimar os corpos. Os homens entregues a este dever horrível foram chamados a Brigada do Fogo.



Depois de meses, o ponto de ruptura veio quando os trabalhadores começaram a encontrar membros da família dentro das valas comuns. Durante 76 dias, a brigada cavou um túnel de escape secreto com colheres e tudo o mais que pudessem encontrar.

Na noite sem lua de 15 de abril de 1944, os prisioneiros lançaram-se à liberdade. Apesar de terem sido ouvidos no túnel, eles atravessaram duas cercas de arame farpado e um campo de minas. Os prisioneiros também fugiam de cães e esquivavam balas e morteiros enquanto fugiam.

Doze homens escaparam, e os depoimentos de 11 permitiram que a entrada do túnel colapsado fosse localizada anos atrás. Em 2016, os arqueólogos encontraram o resto com a tecnologia de varredura. O túnel com colunas tinha quase 34 metros de comprimento e mostrava a determinação monumental dos homens de sobreviver apesar dos horrores que haviam suportado.

Guerra Mundial Zero
Um mistério da Idade do Bronze envolve oito grandes civilizações do Mediterrâneo. Todos de repente desmoronaram 3.200 anos atrás de guerra, fome e conflito doméstico. Geoarqueólogo Eberhard Zangger acredita que "Guerra Mundial Zero" pode ter sido responsável.




De acordo com sua hipótese, a Guerra Mundial Zero causou a desintegração do Egito. Também destruiu os heteus, minóicos, cananeus, cipriotas, assírios, micênios e babilônios. Seu inimigo comum era uma aliança entre grupos do oeste da Ásia Menor que falavam dialetos da língua Luwian.

Depois de observar os hititas e os faraós egípcios caírem, os gregos micênicos lançaram ataques bem sucedidos nas cidades portuárias dos Luwianos. No entanto, o retorno dos gregos foi desastroso. Os deputados que tinham deixado para trás se recusaram a abdicar, e a guerra civil resultante introduziu a Idade Média Grega.

Muitos eruditos não aceitam que os Luwians eram invasores capazes ou que o Zero da guerra de mundo era possível. Eles acreditam que outro fator desconhecido causou o colapso das oito culturas ao mesmo tempo.

No entanto, Zangger acredita que os documentos históricos são favoráveis ​​à sua teoria, incluindo que os Luwians eram provavelmente os misteriosos e destrutivos " Sea Peoples " mencionados em escritos egípcios. Na Turquia, ele também identificou locais que possivelmente foram construídos por Luwians. Alguns desses locais são tão grandes que são visíveis do espaço.

Desde ontem á noite (25/05) cai uma chuva torrencial aqui no RS, ou pelo menos em Lajeado e hoje não conseguimos trabalhar nas reformas da casa então aproveito para atualizar as redes sociais durante o dia, inclusive o Blog Coizaradas que está um pouco atrasado.

E tem novidades na rede!

Faz algum tempo que estou fazendo alguns filmes para Youtube no canal Vlog Coizaradas e agora comprei uma câmera esportiva que filma em HD e tudo mais e estou trabalhando um pouco mais nos vídeos. São vídeos de lugares turísticos e que vale muito a pena conhecer. Vários deles já estão on line e você pode vê-los nesse link aqui:

Canal de vídeos Vlog Coizaradas


Fiz essa telinha de abertura usando o Adobe Photoshop e acrescentei músicas livres de pagamento de direitos autorais ( que é importante) e estou publicando aos poucos no canal. Essas fotos da imagem da entrada também foram feitas por mim em viagens e passeios também, então livres de direitos autorais.

Faço o convite para você conhecer, assistir os vídeos e se inscrever no canal, é bem fácil e rápido, assim você fica sabendo de tudo logo que publicado.

Se você tem vídeos interessantes e gostaria de criar um canal de vídeos e postá-los também, deixe um comentário que eu explico como fazer. Abraços a todos!!

domingo, 21 de maio de 2017

Trabalhando no pesado durante a semana, só me resta o domingo pra atualizar o blog 
 Coizaradas, então vamos ás fotos da semana.. tem de tudo e você pode clicar com o botão direito em cima da foto pra salvar ou você pode também compartilhar em suas redes sociais como o Facebook, Instagram ou Whatsapp.


























Em 2016: Querida encontrei uma foto de sua avó. Em 2090: Querida, encontrei uma foto da sua avó.











Nossa...nosssa.. nossa anossa;; nossa anoa naosa nso a nossa;...































Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!