domingo, 22 de abril de 2018

Ás vezes eu me pego pensando nas pessoas que conheci nesses meus cinquenta anos de vida. Aprendi a guardar as boas lembranças de quem merece e jogar no limbo da indiferença as pessoas nocivas à boa convivência e ao bom senso.
Aprendi também a não odiar ninguém, porque pensamentos negativos e carregados de rancor e negatividade, só fazem mal a mim mesmo e isso eu não quero em mim. 

Por muito tempo tive dificuldades para lidar com pessoas arrogantes, falsas e que pareciam amigas mas era uma máscara de facilmente se desmanchava quando estavam entre os seus.

O tempo, a paciência e também ouvir o que muita gente experiente tem pra dizer,  me mostraram uma coisa que é certa como o ar que respiramos.


Qual é essa certeza??
A certeza é que o universo é cíclico e tudo o que vai volta algum dia.

" Ó fortuna, velut luna , status variabilis.." 
diz a ópera Carmina Burana de Carl Orff falando da roda da fortuna.

Tudo muda o tempo todo. Hoje quem está por cima, amanhã estará por baixo. Então o universo articula os movimentos e tudo o que você faz e pensa hoje, muda imediatamente seu futuro. O pensamento transformado em energia pode te deixar saudável ou pode te deixar doente, você escolhe.

Não podemos ficar doentes por pessoas que não merecem esse sentimento negativo que muitas vezes temos guardado. Livrar-se dele e deixar que o universo tome conta do resto é a melhor coisa que podemos fazer. Temos que seguir nosso caminho sem pensar em quem jogou pedras nele, em quem lançou espinhos na estrada e a partir de agora, iluminar-nos de pensamentos positivos e de esperança.

Será que hoje já muda tudo? Não, talvez nem amanhã, mas não se pode desistir tão facilmente.
A semente deve ser lançada hoje, para colher os frutos no futuro. E isso é importante: 

Nada de pensamentos pequenos que poluem por dentro.

Não é fácil, mas quem disse que a vida é fácil?

O contrário do amor não é o ódio, mas a indiferença.

0 comentários:

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!